Homens e Infertilidade

Qual o impacto emocional quando o desejo de ter um filho é frustrado?

E quando necessita de sêmen doado para realizar esse sonho?

 

Esse será o tema da palestra da psicóloga da ProSer, Lia Mara Dornelles, na IV Jornada Paulista de Psicologia em Reprodução Assistida, no próximo sábado em São Paulo.

 

Historicamente, pouca atenção é dada ao homem quando o assunto é o desejo de ter um filho, em especial quando esse é frustrado. A causa principal da infertilidade conjugal esteve, durante muito tempo, localizada no corpo da mulher. No momento em que o corpo masculino passa a fazer parte desse cenário, ele vem carregado de impacto – e os homens não são imunes aos sentimentos de desespero e inadequação, podendo associar sua infertilidade ao insucesso, ao fracasso ou mesmo a uma crise vital.

 

Em casos de azoospermia (ausência de espermatozoide), por exemplo, a necessidade de utilizar sêmen de doador difere do modo conhecido de reprodução e confronta o homem com a perda do filho imaginado, com um luto frente ao ideal de fertilidade.

 

Para cada indivíduo este processo será investido de um significado particular, que necessita ser tratado, a fim de dar voz a esse homem e ajudá-lo a enfrentar esse momento.

 

IV Jornada Paulista de Psicologia em Reprodução Assistida

02 de dezembro

Auditório Ed. Antônio Huespe

Rua Cincinato Braga, 37 -Térreo – São Paulo

No Comments

Comments are closed.