Checklist bebê no verão: o que você precisa lembrar

Checklist bebê no verão: o que você precisa lembrar

Enfim, chegaram as férias de verão! Nesta época do ano, não há quem não pense em aproveitar uns dias para se refrescar, descansar e recarregar as energias.

 

Quando temos um bebê os cuidados precisam ser redobrados. Este mês, em nosso blog, trazemos um checklist criado pela Revista Crescer contendo o que não pode faltar na bolsa do bebê no verão.

 

 

Antes de sair de casa, tenha certeza de que a sua mala está completa:

 

Toalhas: Sim, no plural. Leve uma para deitar ou sentar o bebê (e para que ele brinque em cima) e outra, caso você precise secá-lo.

 

Fraldas específicas para praia e piscina: Item essencial para manter seu bebê confortável. Fraldas normais encharcam quando entram em contato com a água, perdem a capacidade de absorver o xixi e deixam o bebê desconfortável.

 

Lenços umedecidos: Pode ajudar a tirar a areia que entra na fralda, além de ser usado para limpar as mãos, rosto e boca do bebê e também para higienizar a mama antes de amamentar.

 

Chapéu: Seu uso, sempre aliado ao do protetor solar, garantem uma efetiva proteção do bebê na exposição aos raios solares.

 

Maiô ou sunga de cor vibrante: Um segundo de distração é o suficiente para perder uma criança de vista. Por isso, vestir o seu filho com um tom forte é uma boa forma de identificá-lo caso ele decida sair engatinhando ou andando pela praia.

 

Muda de roupa: Vale a pena ter algumas camisetas e peças extras na bolsa, caso a do seu filho molhe ou suje.

 

Brinquedos: Seja para brincar na areia ou para se distrair em cima da toalha, ajudam a entreter o bebê.

 

Piscina inflável pequena: Se achar que o seu filho não está pronto para a experiência completa da praia, mas não quer que ele perca a diversão, leve uma piscininha, encha-a com água da ducha mais próxima e coloque-a debaixo do guarda-sol. Não se esqueça do protetor solar, ok?

 

Alimentos: Leve o que ele está acostumado a comer, desde que sejam bem fresquinhos e nada cítricas, para não correr o risco de manchar a pele. A cenoura e o mamão, por exemplo, são ricos em betacaroteno, que estimula o sistema imunológico e aumenta a proteção natural da pele.

 

Líquidos: A hidratação precisa ser constante, por isso ofereça água e água de coco o tempo todo! Sucos de frutas e chás de camomila e erva doce frescos também são bem-vindos. Leve as bebidas dentro de um isopor debaixo do carrinho. A amamentação, é claro, está liberada.

 

Filtro solar: O seu protetor solar não pode ser o mesmo que o do bebê. Se ele tiver mais de 6 meses, escolha um produto específico para crianças, de preferência físico.

 

Repelente: Dependendo do destino, o produto contra insetos é fundamental. Mas, segundo especialistas, assim como o protetor solar, o ideal é passar apenas em bebês com mais de 6 meses por causa das substâncias químicas. Evite locais que já são conhecidos por terem maior concentração de mosquitos, pernilongos e borrachudos e aposte nas calças e blusas com mangas compridas.

 

Fonte: Revista Crescer (http://revistacrescer.globo.com/Familia/Viagem-e-Ferias/noticia/2016/12/primeira-vez-do-bebe-na-praia.html)

No Comments

Give a Reply